Ponto onde convergem as minhas emoções, postas em verso, ou prosa, degrau onde coloco o que sinto e o que desejo e que poderei, talvez, partilhar com os meus amigos.

Wednesday, October 18, 2006

ACTUALIZADISSIMO

"O homem de hoje faz tantas barbaridades como o das cavernas. Continua bárbaro como há milénos. O nosso progresso é todo técnico e científico."
"Tanto me faz a monarquia como a república, como este ou aquele. Os homens são sempre os mesmos e tratam de defender os seus interesses."

(António Gedeão)
In Jornal Diário de Notícias, Lisboa, 26 de Novembro
, 1996.

2 Comments:

Blogger augustoM said...

Não me parece que o Gedeão tenha razão. Comparar as nossas barbaridades com o homem da Idade da Pedra, é no mínimo mau gosto, para não falar em ignorância. Nem sempre devemos dizer o que pensamos para não dizer asneira.
Mas uma verdade irrefutável, é o prazer de sonhar neste blog.
Um beijo. Augusto

5:53 AM

 
Blogger Pe. Tó Carlos said...

Tem muita razão Gedeão... O pior mal é não dar conta do mal que se faz! O Homem actual é perito nisto!

11:23 AM

 

Post a Comment

<< Home

 
<BGSOUND SRC="music.mid" LOOP="INFINITE">