Ponto onde convergem as minhas emoções, postas em verso, ou prosa, degrau onde coloco o que sinto e o que desejo e que poderei, talvez, partilhar com os meus amigos.

Wednesday, June 20, 2007

A ESSÊNCIA É DIVINA


O HOMEM QUE PEREGRINA NESTA TERRA,
E QUE É POR DEUS AMADO,
PROCURANDO O SEU RUMO, O SEU DESTINO,
NUNCA SERÁ POR ELE ABANDONADO!...

NOSSAS ESSÊNCIAS EM CONSTANTE MUDANÇA,
DE VIDAS SEMPRE RESGATADAS...
A NINGUÉM PERTENCEM NESTE MUNDO,
SÃO LIVRES NAS ESCOLHAS ENCONTRADAS...

A NINGUÉM PERTENCEM NA VERDADE...
SÃO ELAS LIVRES DE PRISÕES...NÃO TÊM PEIAS...
CAMINHANDO PELO MUNDO, NA ETERNA BUSCA,
ATÉ SE LIBERTAREM DAS CADEIAS...

A LIBERDADE É DOM POR DEUS CEDIDO,
E QUALQUER UM A TERÁ AO SEU DISPÔR...
SÓ PRECISA DE ENTENDER O CAMINHO,
O QUE A VIDA LHE DER...LHE OFERTAR,
PARA A GRANDE LUZ... ENCONTRAR


(Binda)

5 Comments:

Blogger Je Vois La Vie En Vert said...

Belo poema, Binda !
De facto, Deus nunca nos abandona e se à vezes nos é vedado um caminho, é porque este não nos trazia felicidades.
Uma beijoca verdinha

12:43 PM

 
Blogger Moinante said...

Convido-te a passar pela minha humilde gruta ...

" Desafios e actos de Nobreza . "

Votos de uma semana feliz .

2:51 PM

 
Blogger augustoM said...

De todo o teu poema, que gostei, evidenciu a última estrofe.
Um beijo Augusto

5:44 AM

 
Blogger Vieira Calado said...

Gostei do seu poema.
Beijinhos

4:42 PM

 
Blogger Pepe Luigi said...

Adorei o conteúdo deste lindo poema!

Um beijinho
do Pepe.

2:16 PM

 

Post a Comment

<< Home

 
<BGSOUND SRC="music.mid" LOOP="INFINITE">