Ponto onde convergem as minhas emoções, postas em verso, ou prosa, degrau onde coloco o que sinto e o que desejo e que poderei, talvez, partilhar com os meus amigos.

Friday, February 09, 2007

AMOR É SINTESE


Por favor não me analise

Não fique procurando cada ponto fraco meu
Se ninguém resiste a uma análise profunda
Quanto mais eu
Ciumento,
exigente, inseguro, carente
Todo cheio de marcas que a vida deixou
Vejo em cada grito de exigência
Um pedido de carência, um pedido de amorAmor é síntese
É uma integração de dados
Não há que tirar nem pôr
Não me corte em fatias
Ninguém consegue abraçar um pedaço
Me envolva todo em seus braços
E eu serei perfeito amor.

(Mário Quintana)

2 Comments:

Blogger Pepe Luigi said...

Também sou fã deste poeta brasileiro em que utiliza nas suas obras o efeito simplista das coisas. E que tem uma visão ternurenta pela sociedade que lhe é constantemente adversa.

Boa escolha, Sonhadora.

Um beijinho
do Pepe.

3:31 AM

 
Blogger Paula Raposo said...

Magnífico!!! Sem palavras.

1:37 PM

 

Post a Comment

<< Home

 
<BGSOUND SRC="music.mid" LOOP="INFINITE">