Ponto onde convergem as minhas emoções, postas em verso, ou prosa, degrau onde coloco o que sinto e o que desejo e que poderei, talvez, partilhar com os meus amigos.

Wednesday, November 12, 2008

Quem disse que o teu nome é uma espada


Quem disse que o teu nome é uma espada

e as tuas mãos dois rios transparentes?

Quem te acordou naquela madrugada?

O voo da águia? O silvo das serpentes?


Quem sabe que és a minha namorada

e me guardas os beijos mais ardentes?

Quem fez uma canção desesperada

com o sexo dos anjos impotentes?


Ó meu amor, quem foi?, quem foi que disse

que se durante a noite alguém nos visse

fazendo amor de corpos abraçados


nos faria morrer de orgasmo e sede

ou apenas, encostados à parede,

em nome da alegria fuzilados?


(JP)

2 Comments:

Blogger Dad said...

Passei por aqui, li e gostei.
Bom fim de semana!

1:50 PM

 
Blogger Vieira Calado said...

Bonito!

Achei interessante, na sua fantasia e imaginação.

Cumprimentos

8:23 PM

 

Post a Comment

<< Home

 
<BGSOUND SRC="music.mid" LOOP="INFINITE">