Ponto onde convergem as minhas emoções, postas em verso, ou prosa, degrau onde coloco o que sinto e o que desejo e que poderei, talvez, partilhar com os meus amigos.

Saturday, July 12, 2008


" A ARTE DE AMAR É A MESMA DE SER POETA."


(Cecilia Meireles)



No mistério do sem-fim,

equilibra-se um planeta.

No planeta, um jardim.

No jardim um canteiro.

No canteiro, uma violeta.

E, na violeta, o dia inteiro,

entre o mistério do sem fim e o planeta,

a asa de uma borboleta


(Cecília Meireles)

2 Comments:

Blogger Taghiro Tanaka said...

Passei por aqui só para deixar um olá e desejar uma óptima semana.
beijinho

9:33 AM

 
Blogger Vieira Calado said...

Muito bonito, sem dúvida!
os grandes poetas são assim...
beijinhos

6:13 PM

 

Post a Comment

<< Home

 
<BGSOUND SRC="music.mid" LOOP="INFINITE">